terça-feira, 27 de dezembro de 2011

A luz das velas

Foi assim que passamos todo o Natal....E os miúdos acharam tanta piada! A casa cheia de velas, tivemos que ir cozer o bacalhau a casa da minha tia (sim porque agora com as placas vitrocerâmicas, nem a comida se faz sem luz!) e tentar descobrir para quem eram os presentes. O meu filho do meio fartou-se de tirar fotos com a máquina do avó e diziam que era para nunca mais nos esquecer-mos deste Natal! Tenha a certeza que não, a não ser que a situação fique tão mal que tenhamos que voltar a abdicar da luz.
O meu filho mais novo ainda credita no Pai Natal. Honestamente não faço esforço para que acredite ou não. O do meio passa a vida a dizer-lhe: olha que o Pai Natal não existe! Este ano esqueci-me do fato em casa, mas resolvi o problema muito bem. Enquanto ele esteve a dormir a tarde toda eu ainda andei a procura de um fato, mas pelos lados da Nazaré parece que não se usa. Quando ele acordou e veio para casa da minha mãe os presentes já estavam junto a árvore e eu disse-lhe: olha o Pai Natal veio enquanto estavas a dormir. E ele acreditou e ainda hoje quando perguntamos quem lhe deu os presentes ele diz que foi o Pai Natal. E eu gosto que ele ainda acredite.... E o vosso Natal, como foi???

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Feliz NATAL....



Porque estes dias tem sido de doidos... No trabalho parece que os dias antes de férias são sempre mais complicados. Porque finalmente parece que já tenho praticamente todas as prendas, porque vou sair agora para tirar os pêlos e não me confundam mais com macacos, porque amanha só venho de manha porque de tarde vou ao cabeleireiro, porque quero ir para a Nazaré o mais cedo possível, porque finalmente já tenho o Espírito de Natal comigo porque sei que vou fazer a diferença no Natal de pelo menos 4 crianças, para além das minhas, PORQUE GOSTO MUITO DAS MINHAS AMIGAS SEGUIDORAS DEIXO AQUI OS MEUS MAIS SINCEROS VOTOS DE UM MAGNÍFICO NATAL, com muita alegria e muito amor para repartir....

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Diferenças...

Porque será que eu escrevo um post sobre o filho preferido e tenho 3 comentários e a Cocó na Fralda tem 70??? Tenho que lhe perguntar o segredo....

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O terror..

O meu filho do meio anda impossível de aturar. Na altura da escola ele consegue libertar as energias, mas em férias acumula tudo e anda super excitado. Sei que não faz por mal, mas não consegue parar quieto um bocadinho... E é que não é só fisicamente, é que não se cala, está sempre a implicar com os irmãos. Hoje disse-lhe que ou se acalmava ou o ia por num colégio interno até se começar a portar bem. Acha que se assustou um bocadinho, porque as outras ameaças, tipo ficas sem prendas de Natal, sem festa de anos, são cocegas para ele!!!! E hoje ao almoço em casa dos meus pais a confusão era tanta que o meu próprio pai me disse que eu era incapaz de lidar com a situação.... Confesso que fiquei magoada!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Filho preferido

Esta semana o tema da capa da Visão é o Filho preferido (não, não é publicidade, a Visão ainda não me paga para isso, ou até me podia só oferecer a revista... Deixo aqui a ideia!). E eu comecei a ler o artigo a pensar, não, eu não tenho nenhum filho preferido! No entanto cresci sempre a pensar que o meu irmão tinha privilégios que eu não tinha. Custa-me poder ter que admitir que favoreço algum dos meus filhos. O mais velho poderia até ser o filho perfeito, mas às vezes a sua perfeição chega-me a irritar (ai será que posso admitir isto???). Tem dificuldade em admitir que esta errado e tem um juízo de justiça bastante apurado e por isso é muito sensível a injustiças. Às vezes sei que sou demasiado rigorosa com ele e acabo por lhe pedir desculpas e ele responde-me: Ó Mãe não tens que pedir desculpas eu portei-me mal!!! Não seria este o filho perefeito? O do meio também tem todo para ser o preferido, não fosse eu às vezes embirrar com a forma despreocupada com que encara a vida. É divertido, super perspicaz e super meiguinho. Não é ele o sonho de qualquer mãe? No entanto nunca me leva a sério quando ralho com ele. O mais novo tem a vantagem de ser ainda o bebé da casa e por isso talvez neste momento o mais beneficiado. E vocês conseguem assumir a vossa predilecção por um dos filhos??? Será isso moralmente correcto?

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Espírito...

Já consegui "entrar" no espírito de Natal. Porque me mentalizei que não posso carregar o mundo nas costas e porque tenho feito alguma coisa para melhorar o Natal de alguns.. Mas e agora quem é que me convence a celebrar a entrada no ano 2012? Quem é que consegue celebrar uma coisa que já se sabe de antemão que vai ser muito má? Não me parece sensato....

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Banhos..

O mais velho adora demorar horas no banho.... É engraçado verificar como ele esta a mudar. Do alto dos seus 9 anos esta a ficar com um corpo de adolescente. Ele que sempre foi magrinho esta a começar a ficar mais cheio... Na hora das refeições o apetite nunca é muito agora ao pequeno almoço e ao lanche há homem!!!! O do meio toma banho numa rapidez.. Gosta que seja eu a dar-lhe banho. Como continua a ter pele atópica sabe que não pode ficar muito tempo em água é há sempre que por creme.. Gosta da comida das refeições e já não é assim tão amante de doces! O mais novo é capaz de me virar a casa de banho ao contrário. Há dias em que chora que não quer ir para a banheira há outros em que chora porque não quer sair. Come bem de tudo. Todos diferentes, todos iguais!!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Sou só eu???

Não consigo entrar em quase nenhum blogue. Dizem que a minha entrada esta bloqueada. , o que se passa??
Obrigado minhas amigas pelas vossa mensagens de apoio. Infelizmente parece-me que vai ser uma luta dura! Também não entendo como há pessoas tão cruéis. E Maria, tens toda a razão, dormem toda a noite sem problemas e a vida corre-lhes bem! Esta senhora em questão veste as melhores marcas e não há ano em que não vá de viagem! Não me posso queixar, tenho uma vida boa, mas o que ela faz é a custa do que por direito é dos meus filhos, e além disso nega o direito de passar para o nome do meu marido aquilo que por direito é dele! Também cada vez mais estou farta de pessoas. A ganância consegue trazer ao de cima o pior das pessoas.

Desilusões

Claro que vocês não me conhecem. Claro que se que quisesse que podia ser qualquer pessoa neste blogue. Ter uma vida completamente diferente, talvez fosse uma mulher perfeitamente realizada a nível profissional, com uma vida de sonho, a viajar imenso. Mas não, tudo o que eu sou está neste blogue. E eu claro, não sou perfeita, mas considero-me uma boa pessoa. Tento levar a vida dentro dos padrões de honestidade e de humanidade que os meus pais me passaram, mas parece que me calha estar rodeada de gente má! Ontem tive finalmente uma conversa com uma "senhora" que, por vias muito complicadas, é a legal proprietária da casa onde vivemos. E deparo-me com uma pessoa fria e calculista, sem qualquer intenção de nos facilitar a vida. Mas como é que alguém, com uma formação minimamente correcta, pode se apoderar de algo que não é dela e de repente achar que tem todo o direito? Fiquei completamente de rastos. Porque não é só o investimento de dinheiro que lá estamos a fazer, é também todo o envolvimento sentimental. E mais que isso, é moralmente impensável....

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Mães de 3....

especialmente rapazes, digam-me se lá por vossas casas os rapazes também andam sempre pegados. Há dias que já não sei o que fazer. O mais velho é um rapaz tão ajuizado, mas tão ajuizado que esta sempre a chamar a atenção do do meio. Não suporta injustiças e tem dificuldade em lidar com o temperamento muito mais relaxado do irmão. O do meio é um castiço. Esta sempre a gozar com tudo e, embora nunca tenha sido diagnóstico e eu nunca tenha feito grande alarido, tem algo de hiper-actividade. Não consegue estar quieto ou calado, e quando um faz por algum tempo parece que a energia acumula. O mais pequeno esta a "deitar as garras de fora" e parece-me que temos fera. Conclusão lá por casa não há um minuto de sossego a não ser quando estão na cama. E em vossas casas, como é???

18, 18

Afinal são 18 as minhas seguidoras (posso por no feminino, já que os homens ainda não se estrearam). Venham elas que eu gosto é de casa cheia! Obrigado.....

DE VOLTA....

É pá forma 4 dias sem vir aqui.... É muito tempo e já começo a sentir saudades....
Deu tempo para fazer muita coisa! Fui as compras e acreditam que não consegui comprar nada para mim? Ou porque ainda não estava em saldos, ou porque não tinha nada de jeito. Não sei se estou a ficar forreta ou simplesmente o meu gosto subiu de fasquia!
Hoje o meu pai faz 68 anos. Sempre foi uma pessoa distante da família. A vida dele toda gira a volta da empresa. Adora trabalhar e é isso que o faz feliz. Já houve alturas em que o odeie por isso, mas hoje me dia consigo compreende-lo. A mim o que me faz feliz são os meus filhos, é a minha casa, meu marido, mas não podemos ser todos iguais. Sei que ele se preocupa comigo e com o meu irmão, mas em termos de afectividade a nossa relação é fria. Apesar de tudo foi bom ter vindo trabalhar com ele, de alguma forma aproximou-me e fez-me admira-lo e mesmo gostar dele de uma forma diferente de até então. Os meus filhos tem por ele um carinho muito especial, até porque é o único avó que têm. É um homem de um coração grande e de uma grande integridade. E eu sei que sou o que sou graças a ele!

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Esquecida

Andei a ler uma série de blogues que falavam de esquecimentos. E como eu fiquei contente!!! Porque ultimamente isto tem sido complicado! E o pior é que não são esquecimentos "normais"! Esqueço-me de palavras no meio das frases, de letras nas palavras. Fomos a Nazaré e esqueci-me da mala do miúdo mais pequeno! Bem, ai a culpa não foi inteiramente minha porque as malas forma levadas para o carro por muita gente e no meio da confusão ninguém se lembrou de conferir se esta tudo. Sinto a cabeça pesada e pouco concentrada. Cansaço, dirão alguns. Eu sinto que é algo mais....

Decorações de Natal



Ainda não estão prontas, mas podem ver como o meu filho do meu me tem ajudado... Só devo estar de volta na próxima segunda! Até lá divirtam-se. Já disse que tenho 17 seguidoras!!!! Isto é fantástico. Mas como é que tanta gente se pode interessar por aquilo que eu digo???

Conto do vigário....

Detesto sentir que fui enganada. E eu que tinha a mania que era muito fria e tal e nunca iria cair nesses contos, pois bem fui apanha. Aparece-me aqui um rapaz com um produto maravilha. Faz milagres com o óleo, limpa desinfecta sem trabalho e super eficaz. Realmente o que ele tinha era impecável. Fomos a fábrica e limpava como só visto. Convenci-me. Ainda que estes 10 anos já me tenham tirado a ideia de tornar esta empresa "limpa" tenho sempre vontade de fazer alguma coisa. Veio cá no dia seguinte dar formação as senhoras da limpeza e até elas ficaram rendidas. Ontem exprimentamos o produto e estavas já todas um bocado menos agradadas. E foi ai que eu comecei a levantar as orelhas: o senhor tinha dito que ia deixar o produto pronto a funcionar e que ia fazer a experiência já com os nossos frasco e não o fez. Conclusão o raio do produto é um verdadeira porcaria! As casas de banho cheiram mal e o óleo até parece que esta mais entranhado. Fui apanhada. O que vale é que ainda não pagamos e eu cá espero a vinda do senhor para reclamar o pagamento e para lhe atirar o produto pela goela abaixo... Não se faz

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Participação

Tenho neste momento 3 crianças em escolas públicas. 1 no infantário e 2 no 1º ciclo: 1ª e 4ª classe. Daí me ter apercebido da necessidade de um participação activa. Sou representante da sala do mais novo e querem que eu seja presidente da Associação de pais que temos que criar na escola do mais novo. O pior é que começo a perceber o porque da não participação dos pais nestas coisas. Vamos lá ver são uma seca e não levam a lado nenhum! Porque é que nos Portugueses temos a mania de complicar? Eu sou uma pessoa pratica, e se há coisa que me toca nos nervos é discutir sobre quem nasceu primeiro, se a galinha, se o ovo. Eu preciso de ter resultados rapidamente. E quando vamos para estas reuniões nunca se vê resultados. E depois admiram-se do desinteresse do povo!

Espírito de Natal

E de repente o Natal tocou-me... Percebo que não posso carregar o mundo nas minhas costas. Tenho feito o que posso para ajudar. Não vou embarcar em prendas malucas. Os miúdos perceberam perfeitamente que este ano o Natal deve ser mais contido. Ainda que não por necessidade, mas por respeito a quem tem menos que nós, a quem não tem nada! Agora há que estar contente por poder passar o Natal com aqueles que mais amo e lembrar-me que esta sempre foi a minha época favorita! E que não faz mal estar contente, e que os meus filhos também tem direito a usufruir de toda a alegria e de todos os presentes que lhes possa proporcionar.

Sr(a) anónimo

Pois cá vai a minha resposta: pelos seus comentários nota-se bem que não deve ser deste blogue porque caso contrário saberia que eu vivi 4 anos e tive 2 filhos antes de me casar com o meu marido 8, e não 10 anos, mais novo do que eu. Por isso sou tudo mesmo preconceituosa. Família para mim pode ser o que cada um quiser! Agora que não cola a questão de dar assistência a família, não cola....
Gosto muito da minha sogra e não disse mal dela, nem nunca o farei, pelo menos aqui no meu blogue. E tenho a certeza que serei alvo de muitos posts por parte das companheiras/os que os meus filhos escolherem.
Agora faça um favor e vá chatear para outro lado! Este cantinho é meu se não gostar não o leia, ou pelo menos dê a "cara"!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

O QUÊEEEE

Então tinha eu escrito um post enorme sobre a minha infelicidade no trabalho e as peripécias do meu prima que trabalha comigo e o blogue não o publicou?? OK, talvez me tivesse a dizer que já chega de lamentos.... Um tema completamente diferente. Sou fã da enfermeira Jackie. É completamente o oposto de mim enquanto mulher (nunca consumi qualquer tipo de drogas, ponho a família acima de tudo, até agora acho-me completamente incapaz de ser infiel ao meu marido), mas gosto! É aquela coisa de amor/ódio. Ontem o episódio foi surpreendente. Quando ela esperava que o marido a confrontasse com o caso que ela teve eis que ele lhe revela que lhe tinha sido infiel. E vai ela e o que é que faz? Expulsa-o de casa. E eu fiquei a pensar naquilo... Ela que o traiu, que consume medicamentos sem parar e nem pensa duas vezes quando o marido tem a coragem de se confessar.... Poderá ser isto uma atitude no mundo real??? Que raio de mundo é este?

Família... Cá estava ele SÓNIA

Já aqui disse que trabalho numa empresa familiar. Alías mais familiar que esta é impossível. Tem 6 sócios, todos irmãos, 3 deles trabalham aqui como sócios-gerentes e um deles é o meu pai, que tem a maior precentegem de quotas. O meu pai é uma pessoa complicada. 99,99% dedicado a empresa. Vive para trabalhar. Esta prestes a fazer 68 anos, esta reformado, mas continua completemanete activo. Não consegue abrir mão disto. A razão porque acabo por me desmotivar é exactamente porque tudo o que faço e controlado por ele. Consigo manter a minha sanidade mental porque me mentalizei que o meu trabalho aqui é de uma mera secretária, mas isso limta-me e torna-me completamente dependente. Estou aqui há mais de 10 anos e sinto que não consegui criar nada. Praticamente não trabalhei na minha área de formação e hoje se tiver que fazer um curriculum só posso dizer: filha de um dos patrões!!!

Mas isto para dizer que há cerca de 5 anos veio para cá trabalhar um primo. Esse teve uma tarefa muito definida: responsável pelo mercado externo. Há uns tempos a namorada com quem ele vive resolveu voltar para a terra onde nasceu e encontrou trabalho. O que faz o meu primo? Pede para de 15 em 15 dias fazer teletrabalho para dar mais assistência a família (família????). E o meu pai, que me olha de lado quando eu tenho que sair 15m mais cedo para levar o filho do meio ao hóquei aceitou. E agora o rapaz altera os dias de teletrabalho conforme lhe dá mais jeito. Para além disso de 15 em 15 dias tem uma reunião numa câmara porque foi eleito vereado. Em resumo falta uma semana por mês. É ou não uma vida boa? Para quem não quer responsabilidades e não se sente responsável pela empresa, ai não tenham dúvidas!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Lembram-se???

da minha amiga deprimida? Pois é, era tal a depressão que a minha amiga resolveu ir de férias para o Brasil...Ai que sooooooorte minha amiga! Como eu gostava de ter ido contigo! Ai como nos as duas nos íamos divertir por essas terras quentes. Minha amiga tu aproveita bem, por ti e por mim que eu cá fico a tua espera e quando voltares podemos chorar mais um bocado no ombro uma da outra as nossas mágoas! Tu um bocado mais bronzeada e mais areajada do que eu, é verdade.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Ausente!

Pois é, embora ninguém tenha dado conta, mas tenho andado ausente! Primeiro culpa de um fim de semana simplesmente fantástico na Nazaré. Estava tão bom que havia gente na praia. Em pleno Novembro, quase as portas do Natal. E ainda dizem que o tempo não anda louco. A é verdade levamos a filha mais velha da minha melhor amiga. Acho que ela gostou, sempre foi um fim de semana diferente.
Depois culpa de dois dias de trabalho bastante intensos. Gosto destes dias assim. Quando o tempo não me sobra para nada. Quando chego ao fim do dia e sinto que fiz alguma coisa. No entanto o resultado é trabalho atrasado e ainda mais com duas semanas mais curtas vai ser difícil de recuperar....

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Visão

Sou assinante da Visão. Não quer dizer que ache a revista perfeita, mas é a minha leitura da semana. A edição desta semana é no entanto perfeita e dou desde já os meu parabéns a Visão. Ontem consegui ler o artigo sobre o Duarte Lima. É fantástico as aldrabices que o homem fez. A questão é que não esteve sozinho e é graças a muito como ele que hoje estamos como estamos! Depois praticamente toda a revista é dedicado ao tema do Voluntariado. E é um tema que vem mesmo a calhar. Não só se encaixa na perfeição na necessidade emergente que ando a sentir de ajudar, como, espero, possa também tocar em mais alguns corações adormecidos. Eu já me inscrevi numa bolsa de voluntariado na internet. E vocês, de que é que estão a espera?

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Natal

Faz-me confusão como é que por esse blogues fora continuamos a ver gente a comportar-se como se a crise não existisse. E mesmo que felizmente não nos tenha tocado directamente acho que o comportamento geral devia ser mais comedido. Há gente a passar fome, há gente que não vai poder dar um presente aos filhos. E só por isso não devíamos estar a a pensar na mala xpto que não nos faz falta. Eu por mim vou ter melhorar o Natal de 4 crianças. Não acham que devíamos aproveitar esta altura para revermos os nossos valores?

Porque??

Hoje no caminha da escola perguntava-me o mais pequeno: Mãe porque é que temos que crescer??? E eu não sei responder. Porque também não queria que eles tivessem que crescer. Porque crescer é muito difícil e ser grande ainda mais. E dó de pensar que algum dos meus filhos vai ter que trabalhar porque sim, doi-me o coração. Ainda mais tendo em conta o estado do nosso país, da Europa e do mundo em geral. Ontem a noite estávamos a ver o nosso programa favorito num dos canais de descobertas: o segredo das coisas. E estavam a mostrar como é que se fazem as bombocas. Havia lá uma senhora cujo trabalho era fazer a prova da qualidade das bombocas e o mais velho disse que era isso que gostava de fazer quando fosse grande! E eu queria tanto que eles tivessem um trabalho que lhes desse prazer! E haverá no mundo melhor trabalho que ser provador de bombocas??? Força meu filho, tens todo o meu apoio

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Foto 3



Foto 2



Foto 1

Desculpem mas de facto estava um bocado tipo fantasma. Obrigado Rita pelos teus conselhos. Prometo nova foto com mais cor....


E tal como prometi as fotos

Agora quero ouvir a vossa opinião? Que tal o estilo? Não sei como podem "exigir" a uma mãe de 3 criancinhas que tenha tempo para ser criativa a vestir, ou no que quer que seja. Eu na verdade sou muito pouco criativa! Em tudo, confesso. Fico-me pelo básico, a vestir, a cozinhar e em tudo mais que possam imaginar! Hoje em dia a criatividade tem que entrar em tudo: na forma de vestir, na forma de cozinhar, na forma de decorar a casa, na forma como incentivamos e até criamos os nossos filhos e até no casamento se pensa que a rotina mata. Eu cá por mim sou pelo tradicional, nos valores da família e até na forma de vestir! (como eu gostava de escrever aquelas mensagens curtinhas que numa frase dizem tudo! Não, isso não é comigo, eu gosto mesmo é de escrever até as palavras deixarem de ter sentido.....)

Fértil...

Hoje estou fértil em ideias..
Estávamos a ver o jogo do Benfica porque o do meio agora é todo futebol e benfiquista! E digo eu: vejam lá se vêm lá o tio e o M. que foram ver o jogo. Diz o do meio: ai o tio foi ver o jogo e deixou cá a mulher doente??? Assim é que se sabe que estamos a criar bons maridos. Pelo exemplo que tem em casa e pelos valores que lhes passamos. Nunca na vida o meu maridinho iria para algum lado se eu estivesse doente (acho mesmo que se eu não estivesse).
Ontem também me dizia o meu primo que trabalha comigo que o Natal dele e da rapariga com que vive é, e será sempre passado separado, cada um com a sua família. Eu acho isso completamente impensável. Para mim a partir do momento em que existe um compromisso, seja ele escrito ou não, a vida deve ser partilhada. Não me entendo nada com essas modernices de ai que agora vou ali ver o Benfica 2 ou 3 dias e tu ficas ai com os dois miúdos, ou ai o Natal eu passo em minha casa e tu na tua! Modernices lá me casa não entram.....

Coisas do do meio

Quando chego a casa a primeira coisa que faço é ir tirar as lentes e normalmente os sapatos também. Ontem diz-me o mais velho: "mãe tu tens vergonha de usar óculos? é que andas sempre de lentes. Não filho, não tenho vergonha é que é mais prático usar lentes, por exemplo quando esta sol e quero por óculos de sol. E eu vou ter que usar óculos para sempre? Sim filho, mas quando fores maior pode por lentes também. Não, Não quero isso é para meninas. Então podes fazer uma operação para veres bem sem óculos. Uma operação??? Nem pensar, então prefiro usar óculos para sempre. Pois e meu filho és igual a mim, é por isso que eu ainda uso óculos.
Lição a tirar: tenho que fazer mais parte da "família" e usar óculos de vez em quando....

Reciclagem

Se há coisa que aprendi é que há roupa que nunca se deve deitar fora (ou dar). Claro que tenho a sorte do meu corpo não se ter alterado muito, mesmo depois das 3 gravidezes! Este verão fartei-me de usar roupa de há 15 anos atrás. Grande parte da roupa tinha sido comprada para casamentos!
Hoje sinto-me completamente retro. Estou com uma saia da Massimo Duti que tem no mínimo 15 anos. Lembro-me que a comprei para ir as minhas entrevistas para procurar o primeiro emprego. Uma saia tipo funil, até meio da barriga da perna e de cor cinza, uma camisola cor de tijolo da Mango com camisa preta por dentro, e casaco vichy em preto e branco. Juntei os botins pretos que afinal até me servem, e sinto-me na série Max Man! Prometo fotos....

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Sogra

E se não o consegues vencer, chama a sogra... E assim foi. Telefonei a minha sogra e fiz o meu choradinho de nora bem comportada. Que este ano estava muito sensibilizada por causa do meu primo estar divorciado, que eu tinha sido sempre justa, nunca lhe tinha pedido nada, mas este ano queria mesmo ir ao Natal da Nazaré..... No fundo se ficarmos a passar cá o Natal terá que ser em minha casa porque os meus pais também ficam, assim o melhor seria mesmo ela ir connosco para a Nazaré. Ontem a noite enquanto fazíamos o jantar já falamos com mais calma sobre o assunto e parece que já levo uns pontos de avanço!

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

E com isto esqueci-me

No sábado apanhei um murro no estômago! Fui ao oftalmologista com o mais novo e não é que ele também não escapa? Que raio, se o pai tem tão bom genes na visão porque raio os rapazes teimaram em vir buscar os maus à mãe???? Tinha esperança que pelo menos o meu benjamim se salvasse!!

Natal

O Natal é da festas que mais gosto. É verdade que nem sou católica, e que na realidade é uma hipocrisia muito grande da parte da nossa família festejar o nascimento de alguém em quem não acreditamos, mas tudo em que a religião cristã se baseia faz parte dos nossos princípios, e um dos mais fortes é a família como centro da nossa vida. Claro que tudo se alterou quando me "casei". Achei justo alternar os natais, um com a minha família, outro com a família dele. Acontece que a família dele é muito estranha.. os natais tem que ser programados, enquanto na minha todos os anos é igual. Este é o ano da família dele e eu tenho toda a vontade do mundo para o passar com a minha família. Um dos meus primos divorciou-se, e embora já tenha "substituta" terá que "repartir" o filho este Natal. A família dele tem poucos sentimentos em relação a esta festa e eu queria estar com quem posso partilhar esta época tão feliz... E com esta história toda já conseguimos arranjar uma zanga! (tive que fazer algumas correcções a esta msg..)

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Bruxa má 2

Ontem, segundo o meu filho do meio, foi o dia mais feliz da vida dele. E porque? Eu tinha lhe prometido um gormitti porque o rapaz tirou excelente no primeiro teste de avaliação que fez na escola e também teve excelente na leitura. Para além disso também lhe proemti puré de batata para o jantar e o rapaz delira com puré de batata. Não sou de compensar os meus filhos por terem boas notas. Sou de opinião que é obrigação deles estudar. Dou elegios, demonstro que fico muito contente quando tem boas notas, mas nunca os recompenso com brinquedos. Desta vez no entanto achei que devia sinalizar a data e no fundo incentiva-lo a continuar o bom trabalho. E efectivamente o rapaz estava na lua. Lá fomos ao Pingo Doce, onde se encontra também um puré de batata congelado que é óptimo. No fundo o que traz é a batata congelada e depois faz-se o puré exactamente como o "verdadeiro". Não havia gormittis mas o miúdo lá escolheu uma coisa do Ben 10. O mais pequeno por sua vez resolveu escolher uma mota. Claro que não consegui explicar que a prenda era só para o irmão. Chegados a caixa o mais nove resolveu ir para um daqueles carrinhos de moedas e eu, feita bruxa má, disse a menina que a mota não ia. Estava a tomar esta decisão e já me estava a sentir mal. Parte de mim dizia para o fazer. Aliás o miúdo ia brincar com aquilo 15m e depois ia se esquecer. Outra parte dizia que não era certo pregar essa "partida" ao bebé..... Até casa perguntou 2 vezes pela mota. O pior foi quando chegou a casa. O pai também achou que eu fiz mal e os remorsos davam-me vontade de ir ao Pingo Doce e comprar a mota. Mas a verdade é que passado um bocado ele lá se esqueceu da mota. Eu é que não!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Hoquei

O rapaz mais velho foi ontem ao hóquei e adorou!!! Afinal o que custa mesmo é começar. O problema é que este desporto é caro....Já lhe disse para incluir na lista para o Natal o que precisa para o hóquei! Mas os meus filhos são miúdos fantásticos no que diz respeito a perceberem que não podem ter tudo o que querem. Para o Natal só querem uma tenda para a família ir acampar. Quando querem alguma coisa que percebem que sai do orçamento dizem que compram com o dinheiro deles. Claro que acabamos por lhes dar mas vale muito a intenção....

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Mentira

Ontem apanhei a 1ª mentira do me filho mais velho. Ele que é um rapazinho muito ajuizado e muito responsável, mas ao mesmo tempo sei que é um rapaz inseguro e muito necessitado da minha aprovação e daí ter feito o que fez. Ele desde o inicio do ano que me tem vindo a pedir para não ir a ginástica das actividades extra curriculares. Eu sempre insisti com ele especialmente porque ele não tem mais nenhuma actividade desportiva. Apresentei-lhe alternativas, nomeadamente ir para o hóquei como o irmão. Na semana passada no dia da ginástica ele teve uma dor forte na barriga do lado esquerdo. Já não era a primeira vez e até já tinhamos ido ao hospital por causa disso. Como eu pensava que ele tinha ido a ginástica disse-lhe para ele não ir esta semana. Para me certificar liguei para o ATL para dizer que ele não ia e foi aí que me disseram que ele já não ia há 3 semanas. A senhora ficou atrapalhada mas disse-me que pensava que eu sabia até porque tem a ideia que eu e ele falamos sobre tudo. Também eu pensava! Confesso que fiquei furiosa. Quando cheguei ao pé dele dei-lhe um grande sermão. Que isso não se faz, que assim perco a confiança nele, que ele sabia bem o que tinha feito porque me mentiu quando lhe perguntava como tinha corrido a ginástica. Ele nem respondia. Percebi que estava atrapalhado. Disse-lhe que ficava de castigo e não via televisão naquele dia. Ele disse que eram 3 dias.. Passado uns minutos falei com ele com mais calma. Expliquei que não podia ser e ele agarrou-se a mim a chorar e pediu desculpas. Sei que tenho um bom rapaz, mas também sei que ele prefere mentir a me desiludir! Já o do meio diz tudo o que tiver que dizer e vai até ao fim. Não sei qual deles o melhor feitio....

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Televisão

Não quero de forma nenhuma "atacar" quem o faça, mas honestamente nunca percebi muito bem a razão de se ter televisão nos quartos. Escusado será dizer que em nossa casa ninguém tem nem nunca tive em casa dos meus pais. Há lá coisa melhor do que sentarmo-nos no sofá, ainda que com uma manta nas pernas, depois do jantar e ver o nosso programa favorito? O que me faria ir para a cama em vez de ficar na sala? Só mesmo outras boas razões que não passam por ver televisão...... E depois há aquelas casas de revistas que não tem telecvisão no quarto e tem na televisão. Mas então o que fazem na sala? Podem me dizer conversar. Claro que sim, é magnifico. Por exemplo na nossa sala de jantar também não temos televisão e nas refeições em festa fartamo-nos de conviver. E se estivermos na sala nunca logo a televisão (embora já tivesse uma pessoa que se quis ir embora na passagem d'ano porque queria ver um programa. Sabem o que fiz? Ligue-lhe a televisão da cozinha e nos ficamos na sala a conversar!). Não admito que essa caixa comande a minha vida!

E foi...

realmente muito bom o jantar de sábado! Os mais velhos foram dormir a casa dos avós maternos e por isso ficamos só com o nosso biju. E ainda que não totalmente livres conseguimos ter um jantar fantástico. Estar junto de amigas de infância, com quem partilhamos talvez dos melhores momentos da nossa vida. Voltar a ter aquela afinidade, voltar a partilhar segredos, voltar a ter 15 anos. E mais ajudou quando no Domingo a minha mãe tinha aberto um baú cheio de recordações. Tantas cartas de amigas, tantas cartas de amor, tantas cartas da minha avó. Tantas recordações maravilhosas.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Sábado...

em cheio! Festa de anos da filha de uma amiga. Saímos a correr para deixar os mais velhos na festa de um amigo num parque de diversões. Jantar de aniversário de uma amiga de infância que agora decidiu retomar às origens! Domingo o maridinho vai a uma prova de karting e eu fico a curtir os miúdos todo o dia! Espero que chova a potes para ficar no aconchego da minha casinha.....

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

E o que fazer...

quando uma das nossas melhores amigas está completamente desfeita? Porque já teve muitas desilusões na vida e o sonho que tinha em relação a sua vida profissional se juntou também agora ao rol? O que fazer perante a impotência de ajudar porque as palavras já não chegam? E porque sei exactamente o que esta a passar e sei o difícil que é, porque não a volta a dar até termos a coragem de mudar de vida. E quem é que o faz na situação em que este país se encontra?

terça-feira, 8 de novembro de 2011

A vida....

é talvez das coisas mais injusta que conheço! E também das coisas mais bela que já vi! Angustia-me imenso esta situação pela qual o nosso país (mundo) esta a passar e que traz para tão perto de nós a fome, o desemprego, a miséria. E ao mesmo tempo fascina-me o que esta situação pode trazer ao de cima de cada um de nós: a bondade, a solidariedade, a entreajuda!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Aniversários

E foi um fim de semana em cheio... Sexta-feira o aniversário da minha mãe. É sempre um dia especial porque ela gosta de se sentir especial. No domingo o dia de anos do meu pequenino. Um dia fantástico... Sol e mais sol. Um almoço delicioso feito pela minha sogra (arroz de forno e anho, feito no nosso forno de lenha), óptima companhia. O bebé estava na lua, com a atenção que estava a receber, com os presentes, tudo perfeito. Depois a minha cunhada fez uma brincadeira com caixas de cartão transformadas num comboio e eles pintaram (acho que mais as roupas e os cabelos que os caixotes). E eu começo a sentir o ciclo a fechar-se e não consigo evitar uma certa nostalgia. Hoje ficou todo contente na escola, com a sua mochila nova, levou o computador para mostrar aos amigos e o bolo. Esta a crescer!

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Boa notícias

afinal não era assim tão grave... o sintoma fez recear o pior, mas afinal parece que é mais um ataque daquela pessoa que anda a deitar mal olhado pelos lados desta empresa!! O Bruxa má vai-te embora....

Fugir...

e para piorar o dia uma amiga liga a dizer que esta de viagem marcada para fugir deste país sem futuro. E embora ela esteja entusiasmada eu não consigo deixar de ficar triste.... Que a vida te sorria Sandra!

De repente...

um sintoma pode significar que tempos muito maus podem chegar a quem eu amo muito... e fico com medo, muito medo. É nestas alturas que percebemos o quanto certas pessoas são importantes e que diferença fazem na nossa vida. Não sou religiosa, mas apetece-me rezar......

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Bruxas....

Hoje aproveitei o tema e convidei a filha mais velha da minha "melhor amiga" para jantar lá em casa. Vamos fazer brincadeiras da noite das bruxas. Já tirei umas ideias de uns blogues e vamos soltar a imaginação..... Bom fim de semana!

Botins pretos

Alguém esta interessado nuns botins pretos?? Prometo colocar foto. Comprei no Clubefashion, mas além de me ficarem ligeiramente apertados (são 37 mas acho que ficam bem num pezinho 36). São destes da moda com atacadores e a fazer um pé pequeno. Estou sem ligação do telemóvel ao computador.... Paguei por eles 35euros mas estou aberta a propostas!

E amanha

vou com uma amiga a um workshop de Cupcakes. É claro que é chão que já deu uvas e não espero encontrar ai o meu futuro profissional, mas sempre passamos uma tarde divertida (acho eu) e depois podemos sempre aproveitar para fazer bolos para os anos dos rapazes. O meu sonho é encontrar alguma coisa em que me consiga realizar, em que eu possa sentir que sou boa no que faço. Isto acontece quando sou mãe, mas ninguém me paga para isso....

Vida de casa

Eu gosto da vida de casa. Apesar de não ser muito imaginativa a cozinhar, apesar de não saber passar a ferro, gosto da sensação de ser responsável pela gestão da casa. Digo isto porque ontem comentava com o maridinho sobre a vida de casa das minha amigas. Além de quase todas terem só um filho fazem a vida praticamente em casa dos pais. Tenho até uma que precisava de férias do filho mais velho e pegou no seu filho mais novo e rumou a casa das irmãs em França! Quase nenhuma tem que se preocupar em fazer o jantar, em chegar a casa dar banho aos filhos, organizar a roupa para o dia seguinte, fazer pares de meias e dobrar cuecas! Não estou a criticar, mas eu cá prefiro estar em minha casa e ao contrário das minha amigas, é a minha mãe que chega a minha casa às 20h, acompanhada da minha sobrinha, para jantar! E eu gosto!!!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

1,2,3 experiência...

E ontem resolvi exprimentar. Saber como é que eles reagem quando lhes peço mais participação em casa. É verdade que a experiência correu bem. Enquanto o do meio estava no hoquei e eu dava banho ao mais novo o mais velho viu televisão. Quando terminei pedi-lhe para me ajudar a fazer pares de meias e na dobrar cuecas. Lá foi fazendo alguma coisa.... Depois deligamos a televisão e fomos fazer o jantar. Ele foi ajudando com vontade. Pôs metade da mesa e deixou o resto para o irmão. Quando este chegou foi tomar banho, pôs o resto da mesa e ajudou no jantar. Sei que quando quiser os rapazes estão prontos a ajudar e de vez em quando não custa nada... Bom trabalho!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Ajudar 3

Neste caso é ajuda em casa... O tema é polémico. É verdade que sou de opinião que os miúdos devem ajudar lá por casa, mas em coisas simples, tipo por a mesa, fazer a cama. Os meus fazem-no sempre que lhes peço. No dia a dia normalmente põem a mesa e ao fim de semana fazem a cama. Mas não faço disso um cavalo de batalha. Entendo que quando chegam a casa também estão cansados de um dia de "trabalho" e tem direito aos seu momento de relaxe. Normalmente tem direito a ver televisão ou jogar algum jogo até a hora do jantar. Na hora do jantar não há televisão e levantam sempre o seu prato. Às vezes gostam de participar na dura tarefa de fazer pares de meias e dobrar as cuecas, mas será a ajuda deve ser uma obrigação??

dos filhos

O mais velho quase não existe... No sentido que é um menino que não tenho que me preocupar com nada. Esta grande, calça o 38 e as calças do ano passado, de 10 anos, não lhe servem. Começou a tomar banho de manha porque já tem "cheiro", e de que maneira! Ás vezes acho que sou demasiado exigente com ele. Penso que ele já é um homenzinho e esqueço-me que ainda precisa de crescer muito. Adora agradar a toda a gente!
O do meio vai bem na escola, pelo menos no que diz respeito a aprendizagem, agora nos intervalos a história é outra!! Passa a vida a jogar futebol e isso costuma vir ligado a umas zangas que às vezes acabam em lutas. Quando fui falar com a professora achou que batiam nele, mas a questão é que é ele que bate nos mais velhos.
O do meio já esta mais ambientado na escola, se bem que continua a ficar a chorar! Já não faz tantas birras ao final do dia, mas continua a ter um mimo do tamanho do mundo! Nota-se um grande desenvolvimento quemuito estará também relacionado com o aproximar dos 3 anos (faltam menos de 15 dias)...

Ajudar 2

E ontem lá me enchi de coragem (sim, também é preciso coragem para ajudar) e fui às compras. Basicamente comprei o essencial, mas também alguns mimos. Não sabia bem como é que ela ia reagir. Também não é fácil aceitar ajuda. Mas eu não conseguia deixar de pensar naqueles 4 miúdos tão queridos e julgo que foi nisso que ela pensou.... Aceitou a ajuda sem grandes reacções. Percebo que fiz bem, que realmente foi importante para aquela família. E percebo cada vez mais a sorte que temos! E que podemos abdicar de um bocado do nosso conforto para ajudar quem realmente precisa. Fez-me sentir bem mas acima de tudo julgo também estar a passar valores muito importantes para os meus filhos.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Angustia

Já aqui falei da minha "melhor amiga". Gosto imenso dela e é uma ajuda preciosa. Claro que o dinheiro que lhe pago me faz falta e até lhe cortei algumas horas, mas cada vez mais percebo o quanto lhe faz falta a ela. Tem 4 filhos, 2 deles hemofílicos. Além disso tem um marido alcoólico que em vez de ajudar só destabiliza! Ontem pediu-me para lhe adiantar algum dinheiro para pagar a luz pois já tinha recebido o aviso de corte. Tenho uma vontade enorme de a ajudar porque além disso os filhos são um amor e traz-me uma angustia enorme pensar que podem passar necessidades, e até mesmo fome. Ando sempre a procura lá em casa de coisas para lhes dar, seja algum doce, seja roupa ou outras coisas que não nos fazem falta e às quais os miúdos não ligam nenhuma. Agora ando a pensar o que lhes devo oferecer no Natal: alguma coisa que lhes faça realmente falta ou aproveitar para lhes dar uma coisa que nunca poderiam ter?

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O que se fala

Não vou fugir ao tema que mais se comenta nos blogues: também eu estava com saudades do frio! Quando chegamos até apetecia ligar a lareira. Claro que passado um bocado a casa já estava agradável, mas eu gosto daquela sensação de frio. E das roupinhas que tenho que tirar dos sacos, ver o que ainda serve ou o que pode passar para o seguinte! Voltar a olhar para roupa que já serviu dois rapazes e ainda serve para mais um e andar atrás das promoções para comprar o que é preciso. Há dias na Modalfa comprei um par de sapatos para cada um já com 30% em talão que agora vou aproveitar para comprar cuecas e meias para a família. Não vai dar para tudo, mas já ajuda.....

PERFEITO

Foi assim o nosso fim de semana. Sábado ainda tivemos direito a uns banhos no mar (bem, eu não, mas os miudos foram). E matamos as saudades com muita conversa, e já alinhavamos a passagem d'ano já que o Natal este ano vai ser complicado... E os miudos ficam sempre com muita pena de não morarem na Nazaré para estarem mais tempo juntos!!! Mas eu acho que assim é perfeito: temos o nosso cantinho onde vamos quando precisamos e que nos enche o coração de saudades de uma avó fabulosa e que nos dá forças para mantermos esta família assim tão unida!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Incognita

Estive até ontem sem saber que se estava grávida. Hoje sei que não. Tudo porque me esqueci de tomar a pílula um dia. Não seria a primeira vez, mas acontece que foi a meio do ciclo e acontece que nesse dia aconteceu!! E não é que apesar de estarmos numa altura de crise, de eu já ter 3 cesarianas, de que toda a gente me ia chamar de maluca, eu estava feliz??? E não é que comecei a pensar no assunto? O meu maridinho dizia-me: mas já não te chega? Bom, parece que não... Vou ter que picar o Passos Coelho para resolver esta crise antes de eu fazer 40 (e olhem que só faltam 2 anos)

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Emigrar

Ontem uma das minhas grandes amigas deu-me a notícia que ia emigrar. Não era nada que ela já não tivesse comentado, mas deixou-me de rastos! E estamos a falar de uma pessoa que trabalha na função pública e que acabou de ter o seu segundo filho. Quer dizer não é uma rapariga em começo de vida sem perspectivas de futuro! A mim deixa-me abananada porque vou ficar sem uma grande amiga por perto mas porque representa o estado em que este país se encontra: sem futuro! Até para a geração que já trabalha há mais de 10 anos e que se formou. Só espere que estes sacrifícios pelo menos tragam melhores perspectivas para os meus filhos.

Comentários

Pois é minhas amigas eu andava tão triste com a falta de comentários e só hoje percebi que por causa dos comentários insultuosos que estava a receber acabei por bloquear toda a gente!!!! Hoje já estou muito mais feliz.... E agora não sei porque mas não consigo fazer comentários a uma série de blogues que estou a seguir!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Bruxas

Ontem estava eu em casa sossegadinha com o mais novo que tem estado doente quando recebe um telefonema (vocês já sabem que isto não vai acabar bem..). Era então uma senhora que trabalha aqui na empresa. Diz-me que me vai dizer uma coisa, que depois eu faça o que quiser com essa informação, mas que tinha que me dizer... Para encurtar a conversa essa senhora foi a uma "bruxa" porque tem andado com problemas de saúde que os médico não conseguem resolver. Vai daí que lhe diz que os problemas dela tem todos origem empresa onde trabalha, que há aqui gente que lhe quer muito mal. Ela então diz-lhe que eu também tenho tido problemas de estômago e assim. Bom parece que eu também tenho mau olhado e que há aqui gente que me quer muito mal e que posso ir onde quiser que ninguém me resolve o problema. Grande novidade, digo eu!!! Não era preciso ir a uma vidente para saber isso! E eu não acredito em nada disso, mas não posso deixar de confessar que a pulga me ficou atrás da orelha. Alguém já foi a uma dessas senhoras???
Bem lhe perguntei se ao menos lhe tinha dado solução para o problema. É que se lhe deu, e se resultar, eu ainda lá vou.....

Idade

Sou mais velha que o meu marido quase 8 anos. Nunca me fez grande confusão essa diferença, mas hoje ao olhar para as fotografias dele com o nosso filho mais velho percebo como ele era novo. Entendo agora a confusão que os meus pais, e os dele, possam ter sentido. Imagino como me sentiriam se se passar a mesma coisa com um dos meus filhos, até porque parece que esta tendência é genética. O avó do maridinho casou com uma senhora mais velha, o pai do maridinho na mesma e até os dois tios.... Mas a verdade é que essa diferença nunca se notou muito a nível fisco, e o mais engraçado é que a medida que o tempo passa parece que nos aproximamos mais... E este verão foi muito agradável ouvir pessoas a dizer que nem se notava a nossa diferença porque eu estou óptima!! O segredo?? Os filhos!!!

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Pergunta

Será possível que se eu me esforçar a sério consigo gostar do meu trabalho? Às vezes questiono-me se a culpa não é minha. É verdade que não escolhi este trabalho, nunca imaginei vir trabalhar para esta empresa, mas se calhar essa não é a razão do meu descontentamento. Nem todos trabalham no que sonharam ou no que desejam e isso torna-os infelizes? Conheço de tudo. Gente muito competente e profissional e que não gosta da sua profissão, outros que se arrastam... Não deixo de ser profissional , quanto a competente deixo outros avaliarem, mas não faço o trabalho com gosto e alegria como sempre sonhei fazer.... E não consigo deixar de pensar nisso enquanto o meu mais novo vê o Noddy tão feliz a fazer qualquer trabalho!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Nha, Nha, Nha.....

é o que apetece dizer a toda a malta que votou neste governo... peço desculpa se ofendo alguém, mas de facto esta é a oportunidade que a direita sempre procurou para aplicar uma série de medidas. É se pensam que estas medidas são só para 2 anos estão enganados. E se pensam que é só para a função pública enganem-se. Portugal vai fazer parte da lista de países onde não existe subsídio de férias nem de Natal, onde não existe ensino público, onde não existe Serviço Nacional de Saúde. E a partir de 2012 não teremos mais nada do que nos queixar..... Viva o Passos Coelho!!!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Saramago

Continuo desesperadamente a ler Saramago. Já devo ter aqui referido que tenho uma memoria de passarinho... Estes dias até me esqueci do sítio onde devia ir buscar um dos meus filhos! Mas li uma frase que me ficou na memória. Talvez não exactamente como ela esta escrita, mas pelo menos ficou-me o sentido, e era mais ou menos assim: " O dia de hoje será o primeiro para alguns, o último para outros, mas para a maioria será apenas um dia mais". E é pena que maior parte das vezes não damos o devido valor a "apenas um dia"...

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Afinal

vou mas é voltar a abrir esta blogue aos comentários anónimos, porque o que entusiasma a malta a ler é gente a dizer mal umas das outras. O anónimo, obrigado, nunca tive tantas visitas na vida!!!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

11 de Outubro

Hoje era o dia de anos da minha avó. Dona de um coração sem tamanho, viveu toda a sua vida para a família. Nunca a vi triste, nunca se mostrou desiludida com ninguém que entrou no coração dela. Amou incondicionalmente, tanto os seus como os que vieram depois. A maior felicidade que tinha era ter a família toda reunida. Gostava de se sentir especial e de fazer todos se sentirem especiais. Só depois de lhe disser que estava grávida, ainda sem estar casada e de um homem muito mais novo, é que consegui viver em plena felicidade a minha gravidez. Não me julgou. Consegui de alguma forma perceber que também eu me realizaria com a família e ficou feliz! Tenho tantas saudades dela e da felicidade que irradiava!

Incomodada

Confesso que o episódio de ontem me incomodou. Como é possível alguém me insultar daquela forma sem me conhecer e sem se dar a conhecer? Pelos vistos o que provocou esta reacção foi um comentário meu num outro blogue (que já nem me lembro qual foi). Não tenho por habito deixar comentários negativos. Só leio os blogues que me interessam. Quando começo a perceber que o blogue aborda temas que de alguma forma não me causam qualquer tipo de interesse, pura e simplesmente deixo de o seguir. Mas recordo-me que a mensagem me caiu particularmente mal porque falava das criancinhas nos restaurantes e de como eram aborrecidas e não resisti... Claro que bloqueei os comentários anónimos. Não me importo nada que discordem das minha opiniões e que o façam publicamente, agora o que não posso permitir é que me tratem daquela maneira, sem me conhecerem e sem darem a cara.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

!!!!

Pergunto-me se as pessoas não tem mais nada o que fazer??? Só para verem o nível publiquei o comentário deste meu admirador secreto. Só lhe posso dizer que não é bem vindo. Se não gosta não coma!!!! Eu cá por mim não desisto.

Viva, Viva, Viva

Tive o meu primeiro comentário anónimo e a dizer mal de uma mensagem minha, nomeadamente a dos Filhos.... Isto é simplesmente fantástico. Sinto-me nas nuvens!!! Sou tão importante... E eu a julgar que ninguém me lia, e as que o faziam, o faziam quase por pena! Pois minhas amigas afinal eles andem por aí e não dizem nada e quando dizem o melhor mesmo era estarem calados..... Não tenho nenhuma pretensão de que o meu blogue seja famoso até porque quero puder dizer o que quero sem pensar que possa não estar a corrsponder as expectativas de quem me segue. A mensagem fala sobre as escolhas de ter ou não ter filhos. Não condeno, mas faz-me confusão que alguém passe por esta vida sem deixar descedência. E quando digo que são eles que nos vão pagar a reforma não estava a ser hirónica, estava a ser realista, mas não é por isso que eu tenho 3 filhos. É por puro e simples dedicação à causa..... Agradeço mais destes comentários, só para eu me sentir importante!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Força

apesar de todos estas confusões esta semana sinto-me forte, cheia de energia e bem disposta. Se calhar sou uma mulher de luta!!! BOM FIM DE SEMANA

Previlégios...

Nunca tirei grande partido pelo facto de ser filha do patrão. Tento cumprir ao máximo o horário, nunca tive postura arrugante, nunca usei esse "poder" para prejudicar ninguém ou para meu proveito, mas ontem soube-me bem!!! Há uns tempos convidaram-nos para irmos fazer um passeio até ao Gêres. Acabamos por saber que as pessoas que íam eram todas conhecidas. No entanto passado uns dias o maridinho recebe um telefonema do amigo a dizer que havia um rapaz que ía e que tinha pedido a outra pessoa para pedir a esse amigo para arranjar uma desculpa para nós não irmos. Acontece que o amigo do maridinho disse a verdade. Era então um vendedor da empresa e que não queria que eu fosse. Claro que automáticamente disse que agora era eu que não queria ir. Na quarta feira fui almoçar a casa de uma amiga. Foi um dia fantástico, com muita conversa num sítio magnifico. E no meio surgiu o tal passeio já que ela também tinha ido. E foi aí que me disse que o tal vendedor tinha sido muito simpático e que ao falar com ela lhe disse que ainda bem que eu não tinha ido, porque já bastava me aturar no trabalho, que ela nem imaginava o que era trabalhar comigo.... Saltou-me a tampa!!! E ontem de manha quando cheguei chamei-o e disse-lhe que ele não tinha o direito de se intrometer na minha vida e se queria falar mal de mim que fosse a um psiquiatra e não aproveitar o ombro de uma amiga. Enfim, previlégios de ser filha do patrão!!!!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Natureza Humana

Será a nossa Natureza boa ou má? Cada vez mais me desiludo com as pessoas em geral. Não me considero nenhuma Madre Teresa de Calcutá, mas julgo conseguir distinguir o bem do mal. Sei que não se deve tratar mal ninguém, que devemos ser honestos, que não devemos ter dividas e que não devemos nos apoderar de nada que não é nosso. Sei que neste momento vivo numa casa que consideramos nossa mas que por razões que agora não interessam não está em nosso nome. Sei que os meus filhos deveriam ter em nome deles uns terrenos que o avó lhes deixou e que alguém decidiu ficar com eles. Temos sempre a vida presa por rabos de fora e temos sempre o azar de nos cruzar com seres humanos que não tem a sua natureza bem definida.....

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Bruxa má

Foi assim que me senti este fim de semana..... O meu filho mais novo parece que me anda a castigar por o ter mudado de infantário. Parece que de repente virou um verdadeiro diabo! Anda sempre muito irritado, esta sempre a chamar por mim, não quer comer, fala como se fosse rei e senhor. E logo este fim de semana que fiquei com um carga terrível de alergias! Não aguentei e dei-lhe algumas palmadas. Julgo que me doeram mais a mim que a ele. Os mais velhos andavam uns queridos sempre a dar-me beijos e a pedir-lhe para se portar bem. No domingo já andou melhor. Um dos grandes responsáveis deste comportamento é a falta da sesta durante a semana e desta maldita alergia que não me deixa ser eu mesma mas sim uma bruxa má!!!

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

????

Será que eu seria uma mãe melhor se só tivesse 1 filho? Surge-me esta dúvida quando dou conta que o pouco tempo que passo com os meus filhos, no dia a dia, é para mandar/gritar/chatear. O prazer fica para os outros....

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Estupefacta

Responsável que sou pelo departamento de Recursos Humanos enviei a Comissão Nacional de Protecção de Dados o regulamento interno da empresa a fim de obter a licença para o controlo de álcool aos funcionários. Hoje chegou a resposta da respectiva comissão e eu estou chocada. Não com o facto de ter sido negado a autorização mas porque me informam, e passo a citar:"...... considerando a CNPD ser o consumo de álcool e de estupefacientes aspecto relacionado com hábitos pessoais, tal não pode ser por regra objecto de tratamento...." Então eu posso vir trabalhar completamente bêbeda ou pedrada que o meu patrão não tem nada com o assunto???? Isto é, quem conduz um carro não pode estar sobre o efeito do álcool, mas para trabalhar já é uma questão de hábitos pessoais... Assim vamos longe, vamos vamos....

Progressos

Hoje o mais novo já ficou na escola sem chorar. Deu-me um beijo de despedida e tudo. Também é muito graças a uma auxiliar que é irmã de uma amiga minha e se tem dedicado bastante. Mas os miúdo no geral gostam todos muito dela.
O do meio continua fascinado se bem que no fim de semana foi muito complicado fazer os trabalhos de casa. Tinha que escrever 7 vezes o nome com 2 apelidos. Demorou mais de uma hora.. Que preferia fazer no ATL que lá ninguém lhe dizia nada da letra, que 7 vezes é muita coisa, ainda por cima 3 nomes. Lá conseguimos. Definimos uma hora ao domingo para fazer os TPC's. Gosto de os acompanhar, mas as vezes confesso que tenho dificuldade em os ajudar . É de mim ou agora os miúdos dão matérias mais cedo que antigamente?

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Filhos

E ainda na questão dos filhos hoje em conversa via mail com uma amiga que estudou comigo na faculdade percebi que a percentagem de pessoas (homens e mulheres) que andaram a estudar comigo e que não tem filhos é enorme. Eu diria acima dos 50%. O que quererá dizer isto??? Pelo que percebi não será propriamente por questões económicas mas pura e simplesmente por opções de vida, o que honestamente, ainda me assusta mais....

Adopção

Sempre sonhei em adoptar uma criança. E sempre foi daqueles sonhos que fui adiando, com medo de o concretizar. Ontem estive a ver uma reportagem na televisão e não conseguia deixar de chorar. É difícil imaginar uma criança que não tenha a quem chamar mãe ou pai. Mais me feriu ver dois irmãos serem devolvidos. Como é que é possível?? Quem é que consegue ser tão frio? Afinal como é que é feito todo o processo? Os futuros pais não são preparados? Que tipo de expectativas podem ter e que conseguem ser defraudadas em 2 meses? Que vontade de pegar naquelas crianças e dar-lhes um colo, um carinho. Sinto uma revolta e uma sensibilidadade imensa no que toca a este tema...

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Copo vazio ou meio cheio??

Ando sempre com aquela sensação que a sorte não me acerta, só me toca. Ontem fui assinar o contrato de promessa de venda de um apartamento que comprei há cerca de 15 anos. Na altura trabalhava fora da terra e tendo em conta as facilidades de compra que existiam nem pensei duas vezes. Volto para a terra para trabalhar com o pai e fica o apartamento sem utilidade. Tem estado alugado, sem grandes problemas. Entretanto o rapaz que lá esta, depois de muito insistir quis comprar. E eu entusiasmada com o facto de me "livrar" de um pertence que não me faz falta faço um preço abaixo do preço de compra, um bom bocado abaixo. Por um lado tenho a sorte de ter quem me compre, por outro lado não vou vender a um preço interessante. É a história da minha vida: nada é totalmente perfeito. Ando lá muito perto, mas falta sempre o resto para encher o copo!!!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

FATIA DOURADA

Porque é que não posso aceder ao teu blogue??? E porque é que eu não recebi convite??? Ora essa!!!

o do meio

Quando tive o meu primeiro filho o pediatra disse-me que a nossa melhor orientação era o nosso instinto. É verdade que li muitos livros quando ele nasceu, mas de repente comecei a sentir que eu queria fazer as coisas de acordo com os meus sentimentos. Até agora tem dado resultado. Não nego que às vezes fico um bocado à nora. Mas vou pedindo opiniões, falo com o maridinho, e sigo os meus instintos. O do meio tem sido quem me tem dado mais que pensar..... Mas de repente o rapaz entra na primária (eu sei, só lá vai uma semana e muita coisa pode mudar) e torna-se no aluno mais bem comportado! Diz que os outros meninos não se calam e ele e mais 2/3 é que estão sempre a mandar calar. De repente está cheio de vontade de fazer os TPC e principalmente de os fazer com a mãe e o irmão mais velho. E de repente o meu coração fica cheio de uma coisa que eu não sei bem explicar o que é, mas que deve ser alguma coisa como orgulho, alegria, satisfação, e que realmente nos faz perceber que quando amamos incondicionalmente os nossos instintos estão certos e que tudo pode acontecer...

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Out

Gosto tanto de estar out... Não sei o que são Birkins (algum me ajuda?), nunca vi, nem nunca verei, nenhum reallity show tipo casa dos segredos, big brother, etc. (faço aqui uma excepção para o Peso Pesado que comecei a ver, mas que perdi a paciência antes de chegar a meio. Praticamente não tenho móveis do IKEA. Não consigo entrar em qualquer moda. Prefiro continuar a conjugar cores "normais", não misturar padrões, nem botas de inverno com roupa de verão. Tenho 3 filhos e começasse eu a ganhar um bocado mais e viria pelo menos mais um....Não sei quais são os penteados da moda e unha de gel ou gelito ainda nem ver. Tenho uma porcaria de um telemóvel que tem que estar sempre a carregar e toque só os dos meu filho mais novo, felizmente o meu carro não é o espelho lá de casa pois essa (graças a minha melhor amiga) esta sempre arrumada e limpinha. Enfim estou orgulhosamente OUT....

Realidade

E ontem acabei o dia tão bem... Cheguei ao ATL e o mais novo estava tão feliz. O dia tinha corrido bem na escola nova. O do meio continua a andar sobre nuvens. Diz que fez muito bem os trabalhos de casa no ATL. E de repente a vida estava a correr bem. Novos projectos, a vida a correr bem aos mais novos.
E hoje a realidade é outra. O mais novo grita que não quer ir para a escola nova, e o projecto que ontem parecia ideal começa a apresentar possibilidades de não correr assim tão bem. E ainda nem falei com ninguém sobre ele..... Talvez eu seja bipolar!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

e do escuro.

... se faz luz! E é nos dias em que estou mais em baixo que eu me levanto outra vez1 E lá me surge mais uma ideia fantástica de um negócio, e eu sonho que deixo este trabalho, e que vou encontrar alguma coisa que me vai fazer feliz. E lá volto eu a ter esperança no futuro, pelo menos até pedir a opinião a minha mãe e ela encontrar mil defeitos no meu novo projecto. Mas até lá posso sonhar e ser feliz....

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Prioridades

É claro que o facto do meu filhos estar apaixonado torna o que se esta a passar na Madeira completamente insignificante!!! e o facto de o Alberto João Jardim estar completamente senil um aspecto sem importância nenhuma. e se os madeirenses votaram nele então eles que paguem o que devem e vão gozar com outro que já não se aguenta tanta aldrabice

Olhos em bico...

Os meus filhos nunca foram de namoricos. Quando lhe perguntavam se tinham namoradas ficavam todos chateados e diziam que não queriam saber de nada disso. Mas foi uma menina de olhos em bico que levou pela mão o meu rapaz mais velho por essas incertezas do coração...
O rapaz veio todo entusiasmado na sexta com uma menina nova lá na escola. Parece que os outros meninos gozam todos com ela por ser chinesa e por não falar muito. O meu filho, que tem um sentido de protecção muito apurado, lá decidiu protege-la. Eu a brincar disse-lhe que ele estava apaixonado, e não é que o rapaz limitou-se a olhar para mim e sorrir??? Já me estou a ver com netos de olhos em bico...
O mais novo não quis ficar na escola nova e eu não tenho coragem para o forçar. Vai implicar um esforço financeiro ter que o manter onde esta, mas julgo que vai acabar por ser a decisão. Essencialmente faz-me confusão ele não dormir a sesta.
O do meio continua delirante. Ontem esteve a jogar no computador com o CD que veio nos livros. E o rapaz já se safa....

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Das escolas

O do meio até os olhos brilhavam ontem quando ficou na escola. Passou um verão cheio de ansiedade e de vontade de começar esta nova aventura. Tem sede de aprender, de voar mais alto... Hoje vou busca-lo mais cedo porque tem uma consulta no oftalmologista. A professora disse que ele podia não ir de tarde mas ele quer ir...
Ontem estive um bom bocado de tempo com o mais novo na sua nova escola. Não quis ficar lá sem mim ou sem o irmão mais velho. Ontem a noite já dizia que queria ir para a escola nova e hoje saiu de casa todo contente com a mochila nas costas. Entrou sem grandes medos mas a perguntar se eu lá ficava com ele. Ficou a chorar. Já me ligaram a dizer que esta mais calmo, mas tenho a certeza que está triste. Os terceiros (ou melhor os últimos filhos, que podem ser os terceiros ou não) são seres muito especiais a quem os pais não deixam crescer.....

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

por tempo limitado




deixo-vos aqui parte do nosso convite, para que possam também partilhar a nossa vida

4 anos

Estava um dia lindo de calor. Foi uma cerimónia muito intima. Não que fossem poucos os convidados, mas porque fizemos questão de ser muito pouco formal. Até porque já tínhamos dois filhos e nunca pensamos em casar pela igreja. Começou pelo convite, completamente diferente: cheio de fotos da nossa vida em comum. A festa foi toda em casa dos meus pais. Acho que a senhora do registo civil estava mais nervosa que eu. O meu filho do meio passou a festa toda ao meu colo. Como era um bebé lindo com cabelos loiros e cheio de caracóis parecia um anjinho. Esta em quase todas as fotos, acho mesmo que aparece mais que a noiva. Tivemos uma prenda magnífica que foi um senhor que foi lá cantar e animou muito a festa. Ele até gostou tanto que acabou por ficar o tempo todo. O bolo comeu-se depois da cerimónia, o que acabou por surpreender toda a gente! Ainda hoje tenho pessoas que dizem que os casamentos deviam ser todos assim: relaxados, sem formalidades e com muita intimidade. A lua de mel foi a 4 na Legolândia. Gostamos de ser diferentes!

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Amanha

Amanha faço 4 anos de casada (4 anos??? sim, mas para o ano faz 10 anos que estamos juntos. 10 anos? sim o mais velho chegou a barriga antes de estarmos a viver juntos. Não sabem que eu adoro fazer tudo ao contrário???)
Amanha o do meio entra na primária.
Amanha o mais novo vai para o infantário público.
Amanha não venho trabalhar de manha.
Amanha vou ter o coração tão carregadinho.... Ainda bem que estou a tomar um desacelerador....

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Novidades

E lá fui eu ao cardiologista. Recomendado por uma amiga que o tem em grande consideração (como eu gostava de ganhar 100euros em menos de meia hora). Parece que não tenho nada de especial mas vou ter que fazer um exame para despistar um problema genético que a minha avó tinha. Entretanto mudou-me o medicamento para o estômago e receitou-me outro para o coração.
Ontem fui a reunião da escola dos meus mais novos (um para o infantário e o outro para a primária). E o mais agradável foi ter estado acompanhado de 3 amigos com quem estudei e de quem era muito amiga. E de repente estamos os 4 com os miúdos juntos no infantário. Pelo menos este ano vou estar mais vezes com eles.
Hoje fui ao oftalmologista do SNS com os dois mais velhos. E não é que o médico quer dilatar as pupilas dos rapazes? Desde que são seguidos só o fizereram uma vez e quando eram muito pequenos e não sabiam identificar letras ou numeros. Pareceu-me um troque maldoso para termos que ir a outra consulta. Estas gostas desfocam os olhos e fez-me muita confusão que o do meio começasse a escola com a vista desfocada. Por isso vou perder o amor a mais algumas coroas e vou levar os dois ao oftalmologista que os seguia....

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Bate bate coração

Hoje de manha fui ouvir o meu coração. Primeiro parece que estava em taquicardia, mas fizeram segunda leitura e a menina disse que lhe parecia bem. Não resisti e tomei o tal medicamento que a médica receitou. Estive a ler a bula (faço sempre isso) e também está indicado para situações de stress. E assim agora estou com coração de passarinho e a pensar seriamente que esta situação toda é mesmo resultante da minha ansiedade....

terça-feira, 6 de setembro de 2011

100 a hora

Agora é o meu coração que deu em disparar... ontem fui à médica e ela até deitou as mãos a cabeça com as minhas tensões e o coração com 100 batidas por minuto. O pior é que não faz ideia de onde possa vir este problema. Todos me falam em stress, mas tenho dificuldade em aceitar que seja só isso....

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O mais novo

Hoje de manha estava a tentar fechar a mala e ouço da cozinha: "não consigo fechar esta m.e.r.d.a". Faz 3 anos em Novembro...

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Crise

O meu efeito da crise é reflexo de 3 rapazes... Não posso dizer que a vida tenha piorado para mim, no entanto também não melhorou. Tenho o mesmo salário já não sei há quantos anos (no mínimo há 6) as despesas essas são cada vez maiores. Nem é na roupa, que vai passando de rapaz em rapaz e vamos nos socorrendo das festas para pedir alguma coisa extra, é na alimentação, é nas despesas da escola, é sempre algma coisa mais que não estavamos a contar. Depois é a casa. Para além da prestação (que não é da nossa casa, mas de outra que tivemos que comprar, mas essa história dava um livro) temos muitas despesas com a casa: luz, jardim, piscina, empregada... E vocês dizem: aaaa, tens empregada!! é verdade, será das últimas coisa a abdicar. Primeiro comecei a fazer a depilação em casa, mais dia menos dia tenho que começar a pintar o cabelo em casa, não compro quase roupa nenhuma para mim, mas a minha melhor amiga faz-me muita falta!!! Raramente vamos jantar fora (muito raramente), de vez em quando vamos buscar e isso não sai muito caro. Férias fazemos porque tenho a sorte de me terem dado um apartamento na melhor praia do mundo!!! Na verdade não nos podemos queixar mas sinto que nesta altura a minha vida deveria estar muito melhor. Mas o pior é que não vejo melhorias tão cedo e assusta-me estes cortes as cegas que o governo esta a fazer, principalmente na educação e na saúde. Nestes sectores haverá onde cortar sem colocar em risco a qualidade do sistema? Ten dúvidas, muitas dúvidas...

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Livros

Ontem fui comprar os livros escolares. Só havia para o 1º ano e nunca vi ninguém tão feliz! Os olhos dele brilhavam... Lembro-me bem da emoção do início das aulas. De tudo ser novo. Sei que os tempos não estão para brincadeira, e principalmente quem tem 3 crianças, por isso estou na dúvida. Para o mais velho ainda há muito material do ano passado que pode ser utilizado: mochila, lápis de cor, porta lápis, cadernos, pastas. Basicamente aproveita tudo. Para o do meio já comprei a mochila e também andavam lá por casa uns porta lápis novos. Também lá andam muitos lápis de cor soltos. Já lhe disse que íamos tentar perceber se conseguíamos ter todas as cores para ele levar para a escola. Ele não se importou e sou eu que fico com o coração apertadinho por não lhe dar um lápis novos.... Não seria de aproveitar a boa vontade dele? No fundo só prova que somos nós os responsáveis pela formação do caractér dos nossos filhos. E se eu ceder e lhe comprar os lápis, tirará ele alguma lição daí? Mas afinal são só lápis....

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Sortuda, ou nem por isso?

É verdade que temos por defeito analisar demasiado a nossa vida, e muitas vezes em comparação com a dos outros. Há alturas em que estou numa fase mais Zen e tudo na minha vida é maravilhoso!! Noutras alturas só me apetece fugir, ou quem sabe, encontrar uma vida mais solarenga.
Na sexta-feira almocei com aquela que será a grande amiga da minha vida. Conhecemo-nos na faculdade. Um miúda completamente diferente. É Iraniana e teve uma vida complicada até chegar a Portugal. Tem um feitio fantástico. Um bom humor que às vezes irrita, parece meia aluada mas de repente torna-se a mulher mais perspicaz do mundo. Tivemos a sorte de ir estudar juntas para o estrangeiro. Fui o melhor ano da minha vida. O maior defeito dela é ter um marido que a boicota. Controla-a ao máximo e, tendo em conta a nossa grande cumplicidade, tem ciumes da nossa relação. Não conseguia viver com um homem que não respeitasse a minha personalidade. Quando amamos não temos o direito de tentar modificar as pessoas. Penso muitas vezes nela. Alterou a vida toda pelo marido, chegou a deixar de falar comigo e foi com esforço e persistência que decidiu vir almoçar comigo. Será feliz??? Eu sei que seria mais feliz se a tivesse como amiga

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Não verga

O meu filho do meio não verga aconteça o que acontecer.... Parece que sai ao meu pai, que segundo ele diz, era exactamente igual (e agora não é diferente). É verdade que ele tem uma energia fora do normal e quando não tem actividades que o distraiam fica completamente eléctrico. Estes dias tem ficado de manha em casa dos meus pais, com a empregada, e a tarde na nossa com a minha "melhor amiga". Para ajudar esta ardua tarefa, a minha empregada leva a filha mais velha que fica a tomar conta dos miúdos. Pois o meu do meio, naquela sua excitação, terá, e segundo a rigorosa supervisão dos mais velho, chateado a miúda (não vou aqui entrar em pormenores...). Ontem disse-lhe que tinha que pedir desculpas. Disse-me que sim, depois de muita discussão. Hoje não quis pedir, cheio de vergonha. Disse-lhe que ficava de castigo. Perguntou-me qual era. Não jogar computador 1 semana. Não importa, fico a ver. Então ficas sem televisão. Tudo bem, prefiro.... Saí de casa a deitar fumo pelas orelhas..... E a questão é que faz isto tudo com cara de gozo!

Até...

me lembrei ontem de um post muito giro para escrever. Fiquei toda contente... Afinal isto começa a correr melhor quando ameaço desistir. Não é que hoje não me consigo lembrar do que era????

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

BENEFIT

Alguém me pode dizer onde podemos comprar os produtos da Benefit??? é que não se ouve falar de outra coisa aí pelos blogues e eu só descobri o site dos EUA e de Inglaterra. Há outra forma??? Estou com curiosidade de exprimentar os tão famoso rimel.

Crescer

É verdade que o verão é um grande amigo dos meninos! Não só porque proporciona dias fantásticos de alegria, mais raros em outras estações do ano, como também lhes puxa pelas orelhas e de repente o mais velho passa a calçar 38, já não servem ao do meio as t-shirts de 6 anos e os dedos dos pés do mais novo saem pelos buracos das sandálias.... Toca a aproveitar os saldos para comprar sapatilhas para os 3...
Com o mais pequeno sem fraldas e já mais participativo podemos agora recomeçar a fazer alguns programas familiares. Ontem fomos a Ponte de Lima ver os Jardins. Eles adoraram andar a passear e também andar de gaivota. É uma cidade muito bonita e estava cheia de gente. Se bem que não somos grandes apreciadores gastronómicos acabamos por almoçar num restaurante bom e os rapazes até nem se portaram mal. Conclusão: é para repetir......

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

De volta

e sem grande vontade de escrever por aqui. Não estou desiludida pelo facto de ter poucas seguidoras, a questão é que não me consigo tornar interessante! Não coloco fotos porque não me quero expor, nem a minha família, não tenho conselhos de moda para dar, cheguei a conclusão que não sei escrever de uma forma cativante, não quero escrever sobre às peripécias dos meus rebentos e a minha vida profissional nem a mim me interessa quando mais aos outros! Vou vindo por aqui, especialmente para ver os blogues que sigo e quando me apetecer dar notícias.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Férias II

O tempo tem ajudado, ao contrario do que o boletim meteorologico quer fazer pensar. Por cá o tempo tem estado fantástico. Os miúdos estão super felizes. O mais novo numa excitação. É o primeiro ano que tem noção do que é estar todo o dia com a família, na praia, a fazer coisas fora do normal. Os mais velhos porque estão com os primos na praia que adoram.
Venho para a Nazaré há 37 anos, embora não me lembre dos primeiros anos, e é a primeira vez que vejo esta praia tão vazia.... Sabe bem, mas posso imaginar o que isso significa para a economia desta terra...

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Afinal

estava enganada... estamos com um problema enorme na empresa e que se resume num atraso enorme numa entrega que pode originar multas astronómicas e não tive coragem de ir enquanto não vir pelo menos o início do fim do problema (o que não parece estar fácil). E embora não possa fazer nada para o resolver tenho que ser eu a falar com o cliente e tenho andado num stress horrível.
Para ajudar ontem o meu filho do meio, em mais uma das suas birras, resolveu que queria ir viver com a avó. Que não gostava lá de casa, dos irmãos, dos pais e que viver com a avó é que era bom. Disse-lhe que sim senhora que podia ir e nós íamos de férias. Ele nem hesitou um minuto e lá foi. Fiquei com um nó enorme na garganta. Teimoso como ele não há. Tentei várias abordagens e nada. Pegou na mala das férias e lá foi sem sequer se despedir de mim. A minha sogra estava incrédula. Hoje de manha foi deixa-lo no ATL. Parece que de manha já queria vir para casa. O marido via busca-lo mais daqui há um bocado e eu estou tão angustiada....

sexta-feira, 29 de julho de 2011

FÉRIAS

Hoje é o meu último dia de trabalho. A minha frente tenho 4 semanas de férias. Sim sou uma felizarda! Mais ainda porque tenho uma família inteira minha espera. Sim, as minhas férias são iguais todos os anos. A mesma praia, a mesma companhia, as mesmas festas, mas eu acabo por gostar... Os miúdos estão em segurança e sentem-se em casa, eu gosto de companhia! Se não tenho vontade de conhecer coisas novas?? Imenso, mas neste momento recuso-me a ir para outro destino que seja de praia, em pleno mês de Agosto, quando tenho uma casa a 100m da praia e as melhores condições possíveis para estar bem instalada. Contrato um empregada que vai todos os dias limpar e arrumar a casa e tenho umas férias descansada... Quando sair será para conhecer cidades que sempre quis visitar, para descobrir novas culturas e não para estar de papo para o ar a apanhar sol.. São gostos, e gostos não se discutem!
Não devo vir muito por aqui, férias são férias.

SEJAM FELIZES E APROVEITEM A VIDA!!!!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

SNS 2

Já aqui falei do SNS e da minha opinião sobre o seu bom funcionamento. Nesta última consulta que fui (privada) a médica pediu que fizesse análise ao funcionamento da tiróide. Nunca suspeitei do seu funcionamento, mas a verdade é que sabendo agora dos sintomas faz todo o sentido...
Lá fui eu toda lampeira fazer as análises sem o famoso P1. Eis quando a menina me diz que são 83euros!! Pois é, dizia ela, ninguém tem ideia do valor das análises. Uma simples análise ao colesterol são cerca de 12euros! Claro está que não cheguei a fazer. Agora vou a correr para a minha médica de família pedir o P1 antes que o Passos Coelho acabe com isto.

Nova vida...

Já aqui tinha falado das minhas maleitas do estômago. Andava há mais de 6 meses com umas dores horríveis de estômago. Uma sensação de mal estar muitas vezes desconcertante. Claro que fui a médico. Que não era nada, que era sistema nervoso. Ultimamente a situação estava a tornar-se insuportável. Chegava a ter palpitações e parecia que o coração me saía pela boca.
Na segunda a tarde fui a uma médica muito querida e que me ouviu com atenção e suspeitou logo do que eu tinha mas aconselhou-me a fazer uma endoscopia. Ganhei coragem, disse que sim, tinha que ser, tinha que saber o que tinha. Marcamos logo para o dia seguinte de manha. Só pensava, isto é para mim, é como quando os meus filhos nasceram, tinha que ser, se bem que nas partos havia uma razão bem mais forte. E lá fui eu com a minha mãe. Custou-e um bocado, mas nada de insuportável.... A endoscopia confirmou uma hérnia que provoca o refluxo gástrico. Doença comum deste século... Certo é que já estou medicada e hoje pela primeira vez desde há muitos meses não tenho dores no estômago, não me sinto enjoada, não me salta o coração pela boca. Tenho uma vida nova.....

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Amuada

Os meus pais são pessoas muito presente na minha vida, não sei se é possível dizer, mas se calhar demasiado. Trabalho na secretária ao lado do meu pai, almoço todos os dias com os dois, e é raro o fim de semana em que não almoçamos juntos pelo menos uma vez. Mais ainda, passamos sempre as férias juntos, já que temos casas na Nazaré. Confesso que às vezes tenho dificuldade em lidar com isso. O facto de estarem tão presentes no meu dia a dia permite-lhes praticamente viver a minha vida. Também é verdade que passo com dificuldade um dia sem falar, pelo menos, com a minha mãe! É por isso uma verdadeira relação amor/ódio como qualquer relação parental deve ser.
Os meus pais foram passar o fim de semana a um hotel e a minha mãe queria levar os meus filhos mais velhos. Disse-lhe que no fim de semana não porque queria estar com eles, se fosse durante a semana não me importava. Ficou amuada. Tenho pena que ela não faça esforço para me entender e toda a vida tenho colocado os seus sentimentos a frente dos meus. Tento tanto não ser assim com os meus filhos....

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Todos os dias

deixo o mais novo a chorar na creche. Tento não pensar muito no assunto, mas hoje tenho um nó na garganta difícil de desatar... Tenho vindo a acumular muita coisa cá dentro há muito tempo. A vida tem se encarregado de estar constantemente a testar a minha resistência, e eu tenho sido forte. Mas às vezes uma coisa pequena faz-me saltar uma série de emoções contidas. Hoje estou assim, prestes a explodir porque já não tenho mais forças para deixar o meu bebé a chorar....

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Amizade

Parece que hoje é mesmo o dia da Amizade...
A todas, amizades mais recentes, outras mais antigas, aqui fica expressa a minha profunda gratidão por fazerem parte da minha vida. Sei que muitas vezes me queixo de não ter amigas, mas falo de barriga cheia!! Sei que estou rodeada de gente boa e com quem partilho os bons e os menos bons momentos da minha vida.
E viva a AMIZADE....

terça-feira, 19 de julho de 2011

E FOI

LINDO.... Jantamos na Casa da Música. Um ambiente fantástico, uma comida fabulosa, conversa até doer a língua e um concerto magnífico! A Maria Rita é linda, tem uma postura no palco que parece uma bailarina e canta muito bem... A sala estava cheia e ficamos no coro, o que até é engraçado, dá uma perspectiva muito diferente e ela teve o cuidado de nos dar muita atenção. Obrigada AMIGA e Maria Rita por uma noite muito bem passada

segunda-feira, 18 de julho de 2011

http://youtu.be/S9VGw9yn-mc

É HOJE, É HOJE.... Os bilhetes já cá cantam, os mais velhos forma acampar com o ATL e a sogra já esta em alerta para ir dar o jantar ao maridinho e ao filho mais novo. Parece que o concerto tem direito a jantar. Ainda vou ter que ir a casa tirar aquelas coisas chatas que aparecem nas pernas e nos impedem de por saias!!! Amanha conto tudo...

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Concerto...

É claro que acabei por não ir porque o mais novo ficou doente... É esta a minha sina. Na verdade até podia ter ido. Claro que o rapaz ficava bem com o pai e os irmãos (e o mais velho fartou-se de dizer para eu ir) mas o meu coração ia apertadinho e assim não vale, pois não?? Entretanto já temos planos para ir ver a Maria Rita, mas se calhar é melhor não falar muito sobre isso...

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Neurosea

Estou com a neura... Talvez porque não durmo praticamente nada há dois dias (o mais novo esta outra vez com as crises de dores de barriga nocturnas que normalmente acabam sempre, mais cedo ou mais tarde, em febre) ou porque estou naquele dias dos meses. E isto vira uma bola de neve. Tudo me parece impossível de aturar. Ninguém corresponde as minhas extremas elevadas exigências, apetece-me gritar com toda a gente e ao mesmo tempo chorar. Pedir ajuda. Será que ninguém repara que preciso de atenção? De uma palavra amiga? Com esta neura nem sei se vá ou não ao concerto. Se por um lado me pode ajudar a relaxar também me pode ainda angustiar mais, tendo em conta que não conheço a sr.ª d.ª Ana Carolina, e pelo que já ouvi não faz bem o meu estilo!!!

terça-feira, 12 de julho de 2011

Concerto

Amanha vou com uma amiga ao concerto da Ana Carolina. Nunca tinha ouvido falar desta cantora. Confesso até que o que entretanto fiz para ouvir na internet não me deixou de boca aberta. Mas vou... com uma amiga de infância/adolescência de quem a certa altura me afastei, e nem sei porque, embora o contacto permaneça (notam a influência de Saramago nas minha frases??). Vou para desanuviar, vou para me sentir, por um bocado, como se a minha vida não fosse só os meus filhos, o meu marido, o meu trabalho, a minha rotina. Para sentir que posso ( e devo?) fazer, de vez em conta, algo mais. Vou concerteza ter que ir munida de muitos lenços de papel!!