quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Amor de pais

temos a trabalhar aqui na empresa uma menina deficiente. Já esta cá a trabalhar há mais de 3 anos. Veio para cá num estágio de uma Cerci e acabou por ficar. Tem não um atraso no desenvolvimento intelectual como físico. Claro que o trabalho dela aqui é limitado mas já faz parte da casa! O que me emociona verdadeiramente é a dedicação dos pais. A mãe esta neste momento a lutar contra uma cancro. O pai todos os dias, depois de sair do trabalho, a vem buscar. Trás uma manta, luvas e um chapéu, para que ela passe melhor a viagem da empresa até a sua casa. Admiro também o espírito dela. Chega todos os dias antes das 09h00, trás o almoço para não ter que ir a casa e não saí antes das 18h30/19h. Muito do tempo que aqui passa não tem trabalho, mas é muito querida por toda a gente aqui no escritório. Esta a juntar o dinheiro que ganha para comprar uma cadeira de rodas nova. E nos preocupamo-nos com coisas tão fúteis...

1 comentário:

  1. tão verdade...e nós preocupamo-nos com coisas sem importancia nenhuma

    ResponderEliminar